A não declaração do imposto de renda cancela o CPF?

A não declaração do imposto de renda cancela o CPF?

A declaração do imposto de renda / imposto sobre a renda ou imposto sobre o rendimento gera muitas dúvidas aos brasileiros, uma das principais diz respeito ao seu não pagamento, se esta dívida pode sujar o nome do devedor e se pode cancelar o CPF.

Imposto-de-renda-2016

E a resposta é “SIM”, a não declaração pode sim cancelar o CPF frente à Receita Federal, e até mesmo levantar suspeitas de sonegação fiscal e gerar complicações na justiça. Esse cancelamento só é feito após dois anos de dívida do IR, a princípio o atraso irá gera multas e no primeiro ano a situação do devedor fica pendente na Receita Federal, ao realizar consultas em seu CPF nesse período irá aparece esse status de pendência; o recomendado é buscar os órgãos responsáveis com urgência para regularizar e limpar o nome.

Há aqueles que são isentos do pagamento, e ainda nesses casos é necessária a declaração da isenção e manter-se atualizado no DAI (Declaração Anual dos Isentos).

Todavia, é importante ficar atento se você obteve um rendimento superior ao valor mínimo exigido pela Receita, o valor é ajustado anualmente, bem como seu pagamento (que deve ser feito até o dia 30 de Abril). O cálculo do tributo tem por base uma nova riqueza produzida pelo contribuinte, seja por fruto de trabalho, capital, ou ambos (rendimentos tributáveis), sobre a qual se aplica uma porcentagem (alíquota), respeitando a tabela produzida pelo organismo fiscalizador, no Brasil, a Receita Federal.

Consulta CPF Top
Consulta CNPJ Top
Consulta completa c/ restrições
Consulta Cheque + Pendências
Consulta Cheque CPF/CNPJ

Não tenha surpresas, essas dívidas podem gerar transtornos, são alguns exemplos: dificuldade de conseguir créditos em lojas, bancos, consórcios e qualquer lugar que faça a análise de crédito; ter bens penhorados; não retirada do passaporte, impossibilitando viagens internacionais, entre outras complicações. Especialistas afirmam que procurar quem entende do assunto, esclarecer as dúvidas e estudar a melhor forma de fazer a declaração pode trazer boas economias e livrar o contribuinte de problemas futuros.